Concerts
There are no upcoming events
Past events
janvier
octobre
Festivāls "Dzīvā mūzika 2017". Ermoņiku mūzikas svētki
27 octobre 2017 · 13 h 00 min -
29 octobre 2017 · 11 h 00 min
Koka Rīga
PROGRAMMA
27.oktobrī Rīgā, Krāsotāju ielā 12, Koka ēku renovācijas centrā “Koka Rīga”
20.00 festivāla ieskaņu pasākums Bal Trad – tradicionālo deju vakars ar ermoņiku spēlmaņiem un grupām (piedalās festivāla ārvalstu viesi un “Skaņumājas muzikanti”)

28.oktobrī Kocēnu kultūras namā, Alejas ielā 3, Kocēnos
17.00 Svētku koncerts Zem jaukām ermoņikas skaņām

29.oktobrī Rīgā, Krāsotāju ielā 12, Koka ēku renovācijas centrā “Koka Rīga”
12.00 Meistarklases - ermoņiku spēles demonstrējumi
16.00 Ermoņiku mūzikas koncerts
_________________________________
PIEDALĀS
Laurent Geoffroy (Francija)
«Heino Tartes ja sõbrand» (Igaunija)
«Kauno bandonija» (Lietuva)
Alberts Mednis (Līvbērze)
Valdis Andersons un kapela “Ieviņa” (Tūja)
Oskars Patjanko (Rīga)
Līga Tīsiņa un «Ķekavas muzikanti»
«Salnavas danču muzikanti» (Salnava)
Pēteris Justs (Dekšāres)
Ilmārs Pumpurs un “Skaņumājas muzikanti”
___________________________________
Tautas mūzikas festivāls “Dzīvā mūzika” šogad atkal ir pievērsies ermoņiku spēlei. Lai pavērotu un pārrunātu, kas jauns paveikts dažādo Latvijas ermoņiku spēles tradīciju uzturēšanai un tālāk nodošanai. Lai tuvāk iepazītos ar citu tautu plēšu instrumentu spēles tradīcijām un modes tendencēm. Jau kopš 19. gadsimta šie parocīgie un skanīgie instrumenti ieņem nozīmīgu vietu latviešu un kaimiņu tautu muzicēšanas tradīcijās. Ermoņikas spēlmanis ir neiztrūkstošs ģimenes godu, tirgu, talku, ballīšu un vakarēšanu dalībnieks. Ermoņikas kā lielākā bagātība un labākais draugs pavadīja spēlmani līksmībā, ikdienas darbos un svešumā klīstot.
Latvijā spēlēto Vidzemes ieviņu, krievu hromku, Pēterburgas un Vīnes ermoņiku skaņas dzirdēsiet gan muzikantu vecmeistaru, gan jauno tautas mūzikas draugu sniegumā. Izcili mūziķi un tradīciju pārzinātāji stāstīs par ermoņiku atdzimšanu Igaunijā un Lietuvā, kā arī mūsdienu ermoņiku spēli Dienvideiropas mūzikas kultūrā.
Festivālu rīko biedrība “Skaņumāja” un Latvijas Nacionālais kultūras centrs. Atbalsta Valsts Kultūrkapitāla fonds un Kocēnu novada dome.
=================================
PROGRAMM
October 27, Riga, Krāsotāju street 12, center “Koka Rīga”
20.00 opening event Bal Trad – traditional dance evening with festival musicians – guests and musicians from “Skaņu māja”

October 28, Cultural house of Kocēni, Alejas street 3, Kocēni
17.00 Festival concert “Zem jaukām ermoņikas skaņām” (Under the pleasant sound of accordion)

October 29, Riga, Krāsotāju street 12, center “Koka Rīga”,
12.00 Workshop and demonstration of traditional diatonic accordion playing,
16.00 Concert of diatonic accordion music
____________________________________
PARTICIPANTS Laurent Geoffroy (France), «Heino Tartes ja sõbrand» (Estonia), «Kauno bandonija» (Lithuania), Alberts Mednis (Līvbērze, Latvia), Valdis Andersons un kapela “Ieviņa” (Tūja, Latvia), Oskars Patjanko (Rīga), Līga Tīsiņa un «Ķekavas muzikanti», «Salnavas danču muzikanti» (Salnava, Latvia), Pēteris Justs (Dekšāres, Latvia), Ilmārs Pumpurs un “Skaņumājas muzikanti”
__________________________________
Festival of traditional music “Dzīvā mūzika” (Live music) this year again looks more into the playing of diatonic accordion. To see and discuss what is new with all the different diatonic accordion playing traditions, keeping the tradition and passing it further. To get to know other culture bellow musical instrument playing traditions and tendencies. Since 19th century this kind of musical instruments have been very important both in Latvian and also neighbor cultures and their musical traditions. Accordion player is a very important person in celebrations, market places, family evenings and other important get-to-geather events. Diatonic accordion as a big treasure and the best friend always accompanies musician in happiness, everyday work and being far away from home.
VIdzemes ieviņa, Russian hromka, Petersburg and Vienna diatonic accordion tunes will be played both by master musicians and new folk music friends. Excellent musicians and tradition knowers will tell about the rebirth of diatonic accordion in Estonia and Lithuania, as well as about the tradition of the instrument in culture of Southeurope music.
Fetival is organizes by the organization “Skaņumāja” and Latvian national cultural center. Supported by Valsts Kultūrkapitāla fonds and Kocēni municipality.
septembre
août
Festival Andanças 2017
8 août 2017 · 3 h 00 min -
11 août 2017 · 13 h 00 min
Festival Andanças (Oficial)
O Andanças é um festival que promove a música e a dança popular enquanto meios privilegiados de aprendizagem e intercâmbio entre gerações, saberes e culturas. Com um olhar dos dias de hoje, o Andanças propõe-se reavivar hábitos sociais de viver a música retomando a prática do baile popular através de múltiplas abordagens às danças de raiz tradicional, portuguesas e do mundo, com vista à recuperação das tradições musicais e coreográficas, fundindo-as com elementos contemporâneos.

No Andanças é possível aprender mais de meia centena de estilos de dança diferentes: este é o resultado das sinergias que se geram entre cidadãos do mundo, ávidos de partilhar saberes. Desde as danças portuguesas, africanas, danças ao estilo americano e às diversas danças europeias: húngaras, balcânicas, bascas, ciganas, bálticas, belgas, do Poitou, italianas, galegas, catalãs, mediterrânicas, etc. Para além de alimentar a curiosidade pela diversidade, o Andanças procura ainda lembrar que a música popular (também) é sinónimo de identidade e muitas vezes da sua sobrevivência.

Desde 1996 que o Andanças reúne anualmente pessoas de todo o mundo, num espírito de partilha, encontro e práticas sustentáveis, constituindo uma alternativa aos outros festivais de Verão. É um espaço onde se dança, se faz música, se experimenta, mas também onde se partilham e se cruzam propostas e ideias para um mundo melhor.

Em 2016 ocorreu um incêndio que, para além da mudança que provocou em cada pessoa que o viveu, provocou inevitavelmente alterações na dinâmica da elaboração do Andanças, na necessidade de refletir e repensar a sua existência, o seu futuro e da associação que o organiza, a Pédexumbo. Não somos indiferentes a este incidente, nem o poderíamos ser.

Num trabalho de reflexão e de análise, partilhado com as pessoas que ao longo dos anos têm construído o Andanças, concluímos que em 2017 faria sentido que o Festival fosse realizado num formato mais reduzido.

Num trabalho de reflexão e de análise, partilhado com as pessoas que ao longo dos anos têm construído o Andanças, concluímos que em 2017 faria sentido que o Festival fosse realizado num formato mais reduzido.

Faz sentido continuar a acreditar nos seus valores, nos seus pilares, nas pessoas que o fazem, na força humana e de partilha que o caracteriza, que vai para além de um espaço e de um tempo. Faz sentido garantir o futuro do Andanças e sabemos que a edição de 2017 é crucial nessa caminhada de continuidade. Esta responsabilidade foi preponderante na decisão de se fazer, para este ano, uma edição mais pequena. Esta visão dá sentido e lugar ao Andanças 2017 – Em Redor da Vila.

Durante quatro dias, de 8 a 11 de Agosto, a vila de Castelo de Vide acolhe e será um dos cenários da edição deste ano. Num formato reconhecido por todos e que continuará a ter por base os pilares do Andanças - dança e música, voluntariado, comunidade e sustentabilidade – esta edição pretende manter a qualidade, a diversidade na programação e perpetuar o conceito do festival como laboratório de ideias, experiências e criações como génese de sonhos e momento de sinergias.

O recinto principal do festival está a ser construído no olival junto ao centro da vila. É um espaço limitado, que por forma a garantirmos a comodidade, a segurança dos participantes e a qualidade do festival terá, nesta edição, uma lotação limitada a 1750 pessoas por dia. Tal como nos anos anteriores, os bilhetes estão disponíveis para compra online. Existirão 4 fases de venda limitada de bilhetes, em passes de 4 dias, com desconto até à fase final, tal como tem acontecido nas outras edições. Os bilhetes diários só poderão ser adquiridos no local e mediante lotação.

O Andanças é um festival de família, a edição deste ano pretende continuar a dar resposta e a destacar-se nesse sentido. Além dos palcos principais continuará a ter um espaço para os mais pequenos com uma programação que convidará à participação não só dos miúdos como dos graúdos.

Em Redor da Vila estamos ainda mais próximos de quem a habita e queremos estreitar, com a comunidade local que nos recebe, os laços que já nos unem. Os Andamentos em Póvoa e Meadas irão continuar​, a este momento de encontro acresce uma programação aberta e gratuita a todos, que acontecerá no Coreto do Jardim Público da vila de Castelo de Vide. A Fonte da Mealhada será um dos cenários para algumas das actividades paralelas e para concertos. O cinema, às vezes curtas, outras vezes longas metragens, continua também a fazer parte da programação do Festival.

No Andanças 2017 não vai faltar dança e música, um convite constante para experienciar e partilhar através destas formas de expressão.

Também de partilha se fará mais uma edição do Andanças. O Voluntariado, de uma identidade e cariz único, permanecerá como um dos pilares que​ continuará a pautar e a distinguir o festival de todos nós.

Nesta edição, queremos continuar a manter um espaço livre de poluição, promover e a disseminar boas práticas sociais, económicas e ambientais. O uso da caneca é um marco na história do Festival e este ano gostaríamos que a caneca Andanças extrapolasse as fronteiras do recinto e percorresse Castelo de Vide, de rua em rua, de bar em bar, de fonte em fonte, de brinde em brinde, como símbolo da nossa caminhada rumo a um Mundo melhor.

O Andanças é muito mais do que um festival de música e de dança. É um lugar onde nos sentimos unidos, onde aprendemos, onde partilhamos, onde experienciamos e onde vivemos. O Andanças não é de um só lugar. O Andanças são as pessoas. O Andanças está dentro nós.

Toda a informação em: http://www.andancas.net/2017/pt/
juillet
juin
mai

2014 :

  • sam
    11
    Jan
    2014

    Les Couzins

    Tartas

  • sam
    08
    Fév
    2014

    Zef

    Rotterdam (NL) - De Doelen

  • dim
    09
    Fév
    2014

    Zef

    utrecht (NL) - Moira Club

  • lun
    31
    Mar
    2014
    dim
    06
    Avr
    2014

    Zef

    Tournée Espagne

  • jeu
    10
    Avr
    2014
    sam
    12
    Avr
    2014

    Laurent Geoffroy

    Saint Pé de Léren

    animation accordéon 

  • dim
    14
    Déc
    2014

    Laurent Geoffroy - solo

    Almada, Lisboa, PT - Cine Incrível

  • mer
    31
    Déc
    2014

    ZEF

    Coimbra, PT - Festival Passagem de ano

2013 :

  • ven
    01
    Fév
    2013
    sam
    02
    Fév
    2013

    Nous sommes des chiens

    Bayonne - Le caveau des Augustins

2012 :